Skip to content

Uma mulher precisa ser assim? Não…

abril 24, 2010

Ontem eu fui ao salão depois de seis meses fazer uma hidratação no cabelos e ver a possibilidade de mudar a cor e fazer uma escova para dar uma elevada na estima, já que a minha anda pelos pés. E aí eu estava observando as moças que frequentam o salão, todas de salto, roupas iguais e cabelos iguais. Sabe aquela feminilidade forçada? Sempre detestei esses sites e revistas que ficam perguntando aos homens o que acham de determinado cabelo ou roupa que as mulheres usam. Ou a beleza que devem possuir.  Aí a insegurança faz com que as moças se vistam de maneira igual para não serem criticadas. Quando eu era adolescente eu lembro dos comentários de mais de um menino falando que eu era bonita mas minhas roupas eram estranhas. Isso realmente importa? Eu lembro daquela cena do “Clube da Luta” em que “O Narrador” (Edward Norton) ao ver um anúncio das cuecas Calvin Klein dentro de um ônibus (ou metrô não lembro) pergunta ao Tyler Durden: – Um cara precisa ser assim ( o rapaz da propaganda era musculoso, a típica barriga tanquinho). E a resposta de Tyler (claro que não precisa). Vale lembrar que no filme os caras acabavam desenvolvendo músculos, mas o objetivo era outro. É o mesmo com o fato de cuidar do seu cabelo, vestir suas roupas ou fazer exercícios na academia. Isso não deve ser para os outros, mas porque você merece cuidar de você da maneira que achar conveniente. Se o seu padrão de beleza é aquele, você não vai mudar para atender o que os outros acham bonito.

Uma grande introdução para uma mulher que acho bonita e não se encaixa nos padrões aceitos socialmente: Candace Kucsulain. Uma moça cantando hardcore/metal de verdade

E para outra que foi fundamental para a luta pelos direitos civis dos negros no Apartheid (segundo o próprio Mandela), além de cantora. A digníssima Miriam Makeba

2 Comentários leave one →
  1. Janaina permalink
    junho 27, 2010 10:20 pm

    Concordo absolutamente! A simples ideia de parecer com a massa e que ela faz de tudo para ser como atores/cantores da tv me é repugnante!
    Nao é atoa que penso que sao todos iguais, pode ser preconceito mais aparentemente até hj nunca me enganei.
    :*

  2. junho 30, 2010 10:53 am

    Olá Janaína, você está certa. As pessoas já deveriam ter superado o preconceito há muito tempo e aceitar os diversos tipos de beleza. Quanto aos famosos, as pessoas até morrem em salas de lipoaspiração para ter o corpo perfeito e gastam muito dinheiro atrás da aparência. Ninguém liga para cultivar a beleza espiritual, porque no fim tudo acaba. Mas as pessoas não tem consciência disso como você tem. Obrigada pela visita e pelo comentário!🙂

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Espaços Narrativos

memórias absorvidas por espaços, propagadas por pessoas

jimgoforthhorrorauthor

Horror author. Extreme metal fanatic. Husband. Father.

Não Sou Exposição

Questionamentos sobre imagem corporal, amor próprio, saúde e comida.

vamosparalondres

um autoguia para a minha viagem à capital britânica

A Virgem Boêmia

Entre palavras e cervejas

Dully Pepper24H

Arte pelo Amor, Arte pelo Mundo, Arte pela Paz!

REQUADRO

Just another WordPress.com site

Supernova de Estilos

Um espaço para arte, moda, música, textos e tudo o que for interessante e novo (ou vintage)!

blog da Revista Espaço Acadêmico

Revista Espaço Acadêmico, ISSN 1519-6186 – ANO XVI - Mensal. Conselho Editorial: Ana Patrícia Pires Nalesso, Angelo Priori, Antonio Mendes da Silva Filho, Antonio Ozaí da Silva, Eva Paulino Bueno, Henrique Rattner (in memoriam), João dos Santos Filho, Luiz Alberto Vianna Moniz Bandeira, Raymundo de Lima, Renato Nunes Bittencourt, Ricardo Albuquerque, Rosângela Rosa Praxedes e Walter Praxedes. Editor: Antonio Ozaí da Silva

palavrasecoisas.wordpress.com/

Comunicação, Subculturas. Redes Sociais. Música Digital. Sci-fi

Felinne Criações

Bastidores dos trabalhos, projetos, e vida Felinne ;)

Drunkwookieblog

Porque esperar pelo G.R.R Martin não dá

Lembrar ou Esquecer?

Depois de um tempo...

A CASA DE VIDRO.COM

Portal Cultural & Livraria Virtual. Plugando consciências no amplificador! Um projeto de Eduardo Carli de Moraes.

%d blogueiros gostam disto: