Skip to content

Godric, o pacifista de True Blood

março 3, 2011

 

Faz muito tempo que não falo de True Blood, mas não é porque eu deixei de gostar da série. Às vezes sou obsessiva com alguns assuntos e deixo os outros estacionados por um bom tempo.  Na segunda temporada de True Blood, o personagem que mais gostei  foi Godric, o criador do Eric Northman. Na verdade gostei de Godric porque me identifiquei bastante com ele. Se o Eric Northman (que também é um dos meus personagens preferidos) possui uma conduta dúbia, às vezes mostrando o melhor de seu caráter e outras vezes usando de falsidade e traição, seu criador que é mais antigo que Jesus Cristo, sabe a real noção de fidelidade e amor. Godric não justifica suas más ações sob o escudo de terceiros, tal como Eric. Ele assume o que acredita ser mal, tanto as ações erradas de seu passado quanto as más escolhas do presente. Além disso, nos é mostrada a relação fraternal entre criador e ser criatura:  – Eu serei seu pai, seu irmão, seu filho (como diria Godric).  No primeiro momento em que aparece na série, ao atacar Eric Northman (em trajes vikings)  ferido em batalha, temos a impressão de que Godric é celta por causa da roupa e tatuagens. Os celtas estavam espalhados em tribos pela Europa em regiões como Portugal, Espanha, França e Itália, além do Reino Unido. Se não for celta, Godric deveria ser integrante de alguma tribo indo européia. Seria mais fácil se soubéssemos aonde era a batalha que Northman travava.

 

 

 

 

Vi uma certa origem celta (também)  através da tattoo vermelha na região do lado direito das costas.  Os traços lembram arabescos celtas adaptados,  especialmente os de forma arredondada.

 

 

 

 

A  tattoo do lado direito do braço lembra muito o Ogham Céltico ( o antigo alfabeto usado pelos druidas) que correspondem às árvores e fontes de outra natureza.  Acredito que seja uma adaptação, pois me intriga também o formato da tattoo (circular no braço), pois  a forma escrita do Ogham é geralmente vertical e horizontal sem fechar em formato de círculo. Além disso as “letras” são diferentes.  O Ogham é uma antiga forma de comunicação em que as “letras” são cortadas com uma série de entalhes, feito para ser lido e esculpido de baixo para cima. Ogham pode ter sido adaptado da linguagem gestual, sua origem é incerta.   O Ogham era inspirado no nome da divindade celta Ogma, o deus da eloquencia e aprendizagem. As árvores escolhidas (eram 20 árvores sagradas para os druidas) baseiam-se em qualidades especiais que ligavam-se às qualidades espirituais.  Algusn estudiosos acreditam em um calendário de 13 meses que dividiu alguns nomes. Os druidas arranhavam as árvores e pedras com esse poderoso alfabeto que acreditavam ter poderes secretos,  exclusivos para iniciados. Um Tratado do sécilo 15, o “Livro de Ballymote” confirma que o Ogham era um ritual e uma linguagem secreta, embora talvez não tivesse efeitos mágicos.  As runas celtas são uma terminologia neo-pagã moderna do alfabeto Ogham. Mas o Ogham não é um sistema runíco por si só, ele evoluiu através de sistemas de contagem.

 

 

 

 

Olhando bem, tem um padrão na tattoo que lembra as Runas. As Runas eram uma antiga forma de escrita na Europa do Norte.  Há uma versão escandinava que é conhecida como Futhark (derivado das primeiras seis letras) e uma versão anglo-saxônica conhecida como Futhorc também derivada das seis primeiras letras. Posteriormente o alfabeto runíco foi substituído pelo latino após a cristianização da Europa. O que me incomoda é o fato de Godric não ser da mesma origem de Eric, portanto porque as runas se eram usadas por povos nórdicos, vikings?  Os vikings habitavam as terras da Escandinávia (Finlândia, Noruega, Dinamarca, Suécia até a fronteira coma Alemanha). Ou as runas foram usadas por outros povos também, porque sempre as conheci como sistema de escrita e oráculo viking ?  Tal como o Ogham, os símbolos sagrados runícos eram riscados em gravetos ou seixos de árvores, no caso das runas, frutíferas. É bem óbvia a importância da natureza e das árvores tanto para os celtas quanto para os nórdicos. As árvores estão frequentemente ligadas à mitologia nórdica, o fato de tudo girar em em torno do eixo principal do mundo, uma árvore gigante também chamada de freixo ou teixo chamado Yggdrasil ligada à Runas relacionadas com nove mundos.  A árvore da vida,  Yggdrasil liga o céu e o submundo.  A árvore também está relacionada ao mito de Odin e as Runas.  Não por acaso o calendário celta também gira em torno de uma árvore.

 

 

Runas

 

 

 

Uma tattoo de Yggdrasil que lembra o ramo nas costas do Godric

 

 

 

 

 De qualquer forma, não levem minhas conjecturas sobre celtas ou vikings muito à sério, eu gostaria muito de saber de onde esses padrões das tattoos do Godric saíram.  Às vezes a origem é bem outra, se tiver algum estudioso profundo sobre tribos indo-européias e suas linguagens para esclarecer a verdade sobre a questão de Godric, as tattoos e sua origem, vou ficar feliz em saber sobre isso. Voltando à personalidade dos rapazes, Eric só age por interesse, enquanto Godric possui um interesse maior que no caso é a paz entre humanos e vampiros. Ele pede desculpas por todos os danos causados a humanos e vampiros. Para isso, em uma das cenas mais emocionantes (senão a mais emocionante) de True Blood ele se entrega à luz do sol e acaba por desfazer-se tendo como platéia uma Sookie desconsolada. Anteriormente ele se despede de sua criatura, Eric Northman. Mais uma vez nos surpreendemos com o quanto de humanidade e sensibilidade pode estar presente em um vampiro, que há muito deixou de ser humano e ter sentimentos de humanos.  Aí vemos a fragilidade de Northman que parece ter amado poucas pessoas em sua longa vida. Godric por sua vez paga pelos seus erros com sua própria vida.  Quando Godric diz que não pertence a esse lugar, é como se efetivamente não pertencesse a esse mundo… E realmente não pertence, porque nele há mais bondade que o mundo possa suportar. E Eric responde, mas nós estamos aqui…Isso não é uma escolha, é um fato.

 

 

 “Eu serei o seu pai, seu irmão, seu filho”. (Godric) 

 

 

 

“Há séculos de fé e amor entre nós” . (Godric)

 

 

 

“Nós não pertencemos a esse lugar”. (Godric)

“Mas nós estamos aqui”. (Eric)

 

 

 

Uma coisa é certa, Godric também já fez coisa bens ruins ao lado de Eric. O que poderíamos dizer de quando ambos eram soldados  nazistas matando lobisomens na 2ª guerra? Ou o tanto de gente sacrificada anteriormente, pois no mundo é olho por olho e dente por dente.

 

 

 

 

De qualquer forma, eu achei que Godric foi o personagem mais espiritual, no sentido não religioso da palavra, mas do auto-conhecimento e amor ao próximo. Na cena em que dá uma bronca  na  criadora de Bill, Lorena, dizendo que em todos os anos como vampira (ela é muito antiga) ela não conseguiu melhorar como pessoa percebemos  isso de uma forma bem clara.  Godric afirma que ainda se surpreende, ao ver Sookie  (uma humana) chorando por conta de uma espécie que a humanidade diz odiar ( – Um humano junto a mim no final, e lágrimas humanas. Dois mil anos e ainda posso ser surpreendido. Nisto, eu vejo Deus.)   Há muita gente que deveria aprender com o Godric, o que importa não são os erros do passado mas como você reage e melhora como ser humano.

 

 

“Atrevo-me a dizer que minha fé na humanidade é maior que a sua.” (Godric)

 

Anúncios
22 Comentários leave one →
  1. março 4, 2011 1:09 pm

    olá
    adorei seu blog.
    me segue:
    http://www.amorimortall.blogspot.com
    beijos

  2. março 6, 2011 4:29 pm

    Acredita que eu nunca assisti True Blood?? Queria ver, deve ser legal!
    Gosto muito de símbolos antigos e celtas, até pensei em fazer uma tatoo celta.
    bjs

    • março 9, 2011 11:24 pm

      Denise, você iria adorar True Blood, mesmo. Veja, você vai gostar muito. Também acho legal, porque não levou a idéia da tattoo adiante? Bjs

  3. março 8, 2011 10:17 am

    Adoro o Godric. Por ser um vampiro tão antigo, ele é tão sábio.
    Uma simbologia que até parece que ele é algum tipo de deus.
    Fiquei triste quando ele morreu, mas foi isso que deu a beleza dele, afinal se ele não se entregasse ao sol, a gente não veria ele lado incrível e quase humano dele.
    O bom é que pelo menos rola uns flashbacks na memória do Eric e aí podemos ver um pouco mais do Godric.
    Quando vi essas tattoos dele eu achei demais também, acho que lembra as tribos celtas também.
    Beijos

    • março 9, 2011 11:30 pm

      Eu concordo com tudo Deze, adorava o Godric e sua personalidade. Boa notícia para você: Godric vai voltar nessa 4ª temporada, não da mesma forma que era (por causa do sol quando ele “morreu”). Tá explicado porque o Eric não parava de ver e conversar com ele na 3ª temporada. E o motivo dos flashbacks do Eric. Beijos!

  4. dezembro 21, 2011 6:15 am

    Oii sou eu d novo o Danniel stive no seu outro site

  5. dezembro 21, 2011 6:21 am

    meu twitter e @yourockslipknot segui la que ti sigo de volta

    • dezembro 28, 2011 9:38 pm

      Eu não tenho twitter, mas agradeço a oferta. Obrigada pela visita. 🙂

  6. junho 11, 2012 12:49 pm

    wow, vc escreve muito bem;
    concordo com muita coisa sobre trueblood; mas o que mais me fez ficar impressionado com godric, foi a interpretação dele sobre o mundo; algumas pessoas após anos se tornam experientes e se conhecem; ja outras a eternidade é apenas a continuação da infancia e um playground pra se repetir os erros.

    • junho 12, 2012 9:41 pm

      Obrigada Thiago! Também adorei a interpretação do Godric sobre o mundo. E adorei seu cometário, concordo com você. Acredito que as pessoas que são como o Godric tem uma noção mais ampla de vida, no sentido de continuidade, vida eterna. Algumas pessoas acham mais fácil acreditar que da nossa passagem pela terra sobrará apenas cinzas. Eu não concordo com essa visão de existência, minha fé na humanidade é maior que isso.

  7. Igor Henrique permalink
    julho 22, 2012 4:55 pm

    Helena preciso muito saber qual o significado da tatoo do braço esquerdo de Godric me inspirei nele … das tatoo dele foi a que eu + gostei … entao me ajuda !!! please me da teu msn qq coisa!! True Blood uma das melhores serie q já vi sem comentarios!

    • agosto 15, 2012 1:41 pm

      Desculpe a demora em responder Igor, o trabalho tem me deixado pouco tempo com o blog. O objetivo do post foi justamente abordar o que seria as tattoos do Godric, pois não sei ao certo o que é, então criei esse post para tentar compreender as tattoos dele que para mim são interessantes, assim como sua personalidade. Já procurei muito seu significado, mas não há nada exato. Mas nada te impede de ter uma tattoo como a do Godric, porque só a sua identificação com ele já explica sua tattoo. Desculpe, se eu achar o exato significado você será a primeira pessoa a saber. Beijos!

  8. Igor Henrique permalink
    julho 29, 2012 8:52 am

    Helena terminei minha tatoo e quero saber o significado dela por favor me ajuda!

  9. Denys permalink
    dezembro 4, 2013 2:28 pm

    Olá !
    Pesquisei o nome do Godric porque amei o personagem, chorei horrores quando ele morreu, e veio este link que adorei ter lido mesmo sem ser algo de concreto adorei a linha que você seguiu e a “clareada histórica”, muito bacana.

    • dezembro 22, 2013 12:05 pm

      Que bom que gostou, obrigada! Godric era meu preferido em True Blood.

  10. Sofia permalink
    junho 20, 2014 5:37 pm

    Desde o início desta série, fiquei impressionado com a história, porque embora True Blood tem um toque de fantasia, ele faz parece mais real do que outras séries deste assunto, é uma pena que chega ao fim.

  11. Louise permalink
    julho 29, 2014 11:30 pm

    Nem acredito que só vi esse post agora! Mas parabéns, realmente adorei o post e Godric é meu personagem favorito na série.

    Falando nele… As origens dele são, na verdade, Gaulesas. De acordo com o True Blood Wikia (um site bem confiável, aliás haha :D), Godric era apenas um garotinho quando foi capturado pelos Romanos durante a guerra contra a Gália na época de Júlio César (se me lembro bem, foi após a conquista de César na Gália) e então levado para Roma aonde foi vendido como escravo para o criador dele. Diz o site que o criador dele abusava muito do coitado (como ele tinha essa coragem??) e decidiu transformar ele quando ele tinha uns 16 anos, por aí. (a idade que ele aparenta ter? Não sei dizer direito (: ). Quanto ao símbolo vermelho… Realmente parece ser uma forma na qual os Romanos marcavam seus escravos, mas o de Godric é realmente gigante (não me surpreende o fato dele odiar o criador dele, lol). Mas ele acabou matando o próprio criador e depois fugiu, daí encontrou o Eric e o resto a gente viu na série 😀

    Mas a tatuagem dele ao redor do pescoço / acima do peitoral realmente parece ter origens Celtas! Talvez ele tenha sido influenciado pelos Celtas ou era algo mesmo da Gália, isso eu não sei, haha. xD

    • agosto 9, 2014 11:30 pm

      Louise, obrigada! Esse post é bem antigo, antes de saber a real origem do Godric. Legal, ainda não havia consultado o True Blood Wikia, apesar de conhecê-lo pq sempre consulto informações de GOT lá. 😀 Nesse link tudo indica que as tattoos tem origem celta mesmo, confere aí: http://mametupa.tumblr.com/post/86510247569 Achei bem interessante e explica bem o significado das tattoos. Obrigada pela vista e comentário! 🙂

  12. março 31, 2016 9:09 am

    Helena, eu queria muito fazer tatuagens igual as do Godric. você tem alguma desenhou ou foto onde eu possa ver claramente as tatuagens pra eu poder fazer em mim?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Espaços Narrativos

memórias absorvidas por espaços, propagadas por pessoas

jimgoforthhorrorauthor

Horror author. Extreme metal fanatic. Husband. Father.

Não Sou Exposição

Questionamentos sobre imagem corporal, amor próprio, saúde e comida.

vamosparalondres

um autoguia para a minha viagem à capital britânica

A Virgem Boêmia

Entre palavras e cervejas

Dully Pepper24H

Arte pelo Amor, Arte pelo Mundo, Arte pela Paz!

REQUADRO

Just another WordPress.com site

Supernova de Estilos

Um espaço para arte, moda, música, textos e tudo o que for interessante e novo (ou vintage)!

blog da Revista Espaço Acadêmico

Revista Espaço Acadêmico, ISSN 1519-6186 – ANO XVII - Mensal. Conselho Editorial: Ana Patrícia Pires Nalesso, Angelo Priori, Antonio Ozaí da Silva, Carlos Serra, Eliel Machado, Elisa Zwick, Eva Paulino Bueno, Henrique Rattner (in memoriam), Josimar Priori, Luiz Alberto Vianna Moniz Bandeira, Marcelo Gruman, Paulo Cunha, Raymundo de Lima, Renato Nunes Bittencourt, Roberto Barbato Jr., Rogério Cunha de Castro, Rosângela Praxedes e Walter Praxedes. Editor: Antonio Ozaí da Silva

palavrasecoisas.wordpress.com/

Comunicação, Subculturas. Redes Sociais. Música Digital. Sci-fi

Felinne Criações

Bastidores dos trabalhos, projetos, e vida Felinne ;)

Drunkwookieblog

Porque esperar pelo G.R.R Martin não dá

Lembrar ou Esquecer?

Depois de um tempo...

A CASA DE VIDRO.COM

Portal Cultural & Livraria Virtual. Plugando consciências no amplificador! Um projeto de Eduardo Carli de Moraes.

%d blogueiros gostam disto: