Skip to content

Meus presentes: novo selo e outro emprego

março 27, 2011

 

Eu sinto falta de postar aqui e sinto falta do blog também. Estou com várias idéias na cabeça e alguns posts encaminhados, mas… consegui um outro emprego. E agora tenho dois empregos para dar conta, o que diminui meu tempo para postar no blog.  Diminui, mas não impossibilita, então podem contar que continuarei dando as caras por aqui.

Ganhei o selo “Meme Literário” de pessoas que possuem blogs primorosos com alto padrão de qualidade, o que me deixou muito feliz  ( Deze do Culture Freake, Sana do Moda de Subculturas/Diva Alternativa e Mme. Mean (Pauline Kisner) do Diários Anacrônicos/ Sombria Elegância).  E o selo é sobre uma coisa que gosto muito: leitura.  Um selo sobre livros é uma idéia muito legal, compartilhar nossos gostos literários. Porém, como quem sempre gostou de ler, fiquei em dúvida na indicação dos livros porque são tantos livros maravilhosos!!!

  

 

 

 

 

1. Eu amei ler “O apanhador no campo de centeio” de J. D. Salinger, longe de ser apenas um drama adolescente, é um livro que fala sobre melancolia, a maneira como nos sentimos desajustados no mundo e como lidamos com a fragilidade da vida, pessoas e situações. Leria muitas vezes, o dia todo e sem cansar.  Salinger foi bastante banalizado depois de ter exemplares de suas obras encontrados nas mãos de matadores como Mark Chapman e John Hincley Jr.  Mas ele não é um livro perigoso, é apenas subversivo, como toda boa  literatura deve ser.

 

2. Eu diria, qualquer coisa escrita por Alan Moore, Hellblazer, Monstro do Pântano, Watchmen, Piada Mortal, V de Vingança e outros exemplares…  Nenhuma adaptação cinematográfica faz juz às preocupações de Alan Moore que aliam contracultura, ciência, física, ocultismo, política e fantasia de maneira magistral, irônica, psicológica e filosófica. Para mim Alan Moore é o maior gênio dos quadrinhos e sua obra é literatura. Lembro de uma história do Monstro do Pântano ambientada em plena Idade Média e período de alastração da peste na Europa e suas indagações sobre a falta de sensibilidade da humanidade diante da vida e existência humana.  Essa também era a revolta de Rorschach em Watchmen, que cria uma moral de sobrevivência embasada em suas experiências ruins com as pessoas e relações humanas na sociedade.

 

3. O Romantismo é um dos períodos maravilhosos da literatura, música e arte, eu gosto da alemã e seu “Sturm und Drang”.  A literatura de época nos dá pistas sobre a estética filosófica do período e sua projeção na arte. Gosto e recomendo “Os sofrimentos do jovem Werther” ou simplesmente Werther, de Goethe.  Há mais sobre pensar arte e filosofia no enredo que apenas ondas de suicídio na Europa. O protagonista é um jovem artista apaixonado e não correspondido, vivendo o ápice do Romantismo na Europa ou seja, indispensável a leitura.

 

4. Blogs indicados (devem ser 10), mas como sempre, indicarei um número menor de blogs e darei prioridade aos blogs com temática cultural:

 

Deutsche Bands

Arte Grotesca

Gothic Box

Black Moon

Antropologia Macabra

Somente Dissertativo

Segredos 2012

Grandes Mistérios do Universo

 

Menção honrosa para os blogs que já ganharam o selo: Culture Freake, Diva Alternativa, Moda de Subculturas,  Diários Anacrônicos e Sombria Elegância.

Anúncios
6 Comentários leave one →
  1. março 28, 2011 11:23 am

    Continue escrevendo!! Comecei dia desses a ler “O apanhador no campo de centeio”, realmente fantástico!

  2. março 28, 2011 3:09 pm

    Helena!
    Adorei suas indicações de leitura. Eu li “O Apanhador” uns 12 anos atrás, lembro que na época eu amei, eu era novinha como o protagonista, ele está na lista dos livros que eu preciso ler de novo.
    Alan Moore é uma dica nova para mim, nunca li nada dele, com certeza vou procurar as obras. Werther, de Goethe eu tenho aqui, é daqueles livros que tem que estar num clima para ler, pois é de palavreado antigo e filosófico. As obras romanticas me fascinam também, mas não é sempre que consigo ler. Eu tenho que estar “ambientada” na época =)
    bjs!

    • abril 10, 2011 8:13 pm

      Leia Alan Moore sim, você vai gostar muito. Tem bastante tempo que li “O apanhador”, mas não consigo esquecer o livro. E realmente rola uma identificação maior quando a gente é adolescente. Sobre Werther, realmente você tem que estar no clima da época, mas vale a pena. Beijos!

  3. abril 7, 2011 6:03 pm

    Valeu pela indicação do meu blog!

    Eu coloquei um desafio para você no meu blog:http://artegrotesca.blogspot.com/2011/04/desafio-vampiresco.html

    E boa sorte nos seus dois empregos!

    bjs!

  4. abril 10, 2011 8:14 pm

    Denise, disponha. Adorei seu desafio. Vou postar logo, obrigada. Beijos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Espaços Narrativos

memórias absorvidas por espaços, propagadas por pessoas

jimgoforthhorrorauthor

Horror author. Extreme metal fanatic. Husband. Father.

Não Sou Exposição

Questionamentos sobre imagem corporal, amor próprio, saúde e comida.

vamosparalondres

um autoguia para a minha viagem à capital britânica

A Virgem Boêmia

Entre palavras e cervejas

Dully Pepper24H

Arte pelo Amor, Arte pelo Mundo, Arte pela Paz!

REQUADRO

Just another WordPress.com site

Supernova de Estilos

Um espaço para arte, moda, música, textos e tudo o que for interessante e novo (ou vintage)!

blog da Revista Espaço Acadêmico

Revista Espaço Acadêmico, ISSN 1519-6186 – ANO XVII - Mensal. Conselho Editorial: Ana Patrícia Pires Nalesso, Angelo Priori, Antonio Ozaí da Silva, Carlos Serra, Eliel Machado, Elisa Zwick, Eva Paulino Bueno, Henrique Rattner (in memoriam), Josimar Priori, Luiz Alberto Vianna Moniz Bandeira, Marcelo Gruman, Paulo Cunha, Raymundo de Lima, Renato Nunes Bittencourt, Roberto Barbato Jr., Rogério Cunha de Castro, Rosângela Praxedes e Walter Praxedes. Editor: Antonio Ozaí da Silva

palavrasecoisas.wordpress.com/

Comunicação, Subculturas. Redes Sociais. Música Digital. Sci-fi

Felinne Criações

Bastidores dos trabalhos, projetos, e vida Felinne ;)

Drunkwookieblog

Porque esperar pelo G.R.R Martin não dá

Lembrar ou Esquecer?

Depois de um tempo...

A CASA DE VIDRO.COM

Portal Cultural & Livraria Virtual. Plugando consciências no amplificador! Um projeto de Eduardo Carli de Moraes.

%d blogueiros gostam disto: